Pesquisa em Homeopatia

.. sim, se faz pesquisa(s) em Homeopatia…

vacinas ‘encapsuladas’

Aqui neste link um artigo que despertou minha atenção como há muito não acontecia:

“Butantan iniciará teste clínico de vacina oral contra hepatite B”

E por que atraiu tanto minha atenção?  Principalmente por duas de suas partes.

A primeira:

“De acordo com o pesquisador, um dos desafios para se administrar vacinas por via oral é fazer com que os antígenos (responsáveis pela imunização) cheguem ao sistema imune, localizado fundamentalmente no intestino. A dificuldade ocorre porque é difícil atravessar o suco gástrico – que possui acidez muito alta, além de proteases (enzimas que quebram proteínas) – e chegar incólume ao intestino, a partir de onde será realizada a ação de imunização. Por esse motivo, um dos únicos exemplos de vacina administrada por via oral atualmente no mundo é a Sabin, utilizada para imunizar crianças contra a poliomielite. Sant’Anna, em colaboração com Marcia Fantini, professora do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), desenvolveu uma forma de encapsular e proteger os antígenos da ação do suco gástrico. Com o uso de nanotubos de sílica – o segundo elemento mais presente na natureza –, os pesquisadores conseguiram que os antígenos da vacina de hepatite B atravessassem a barreira gástrica e chegassem intactos ao intestino.” (grifos meus).

Para os que já são homeopatas, é conhecido o fato de que dois dos mais conhecidos medicamentos para ‘maus efeitos de vacinação’ são a Thuya e a Silicia – e a Silicia é como homeopatas chamam o medicamento feito a partir de silica!

Nesta pesquisa ocorre o uso de raciocínios e uso de nanotecnologias que merecem ser conhecidos por homeopatas em geral, e por pesquisadores em homeopatia que navegam pela pesquisa básica em particular.

Lendo o artigo, me ocorreu uma observação que faço a tempos, mas que nunca havia colocado  em ‘papel’ ainda: pesquisadores homeopatas navegam por várias áreas de pesquisa, clínicas, de saúde pública, epidemiológicas, e outras, e aqui as singularidades de pesquisa contam mais que as generalidades.
Mas pesquisadores que navegam pela pesquisa básica em Homeopatia lidam com a matéria e suas particularidades, como todos os outros pesquisadores que atuam neste nível básico de pesquisa. Aqui as generalidades de pesquisa contam mais que as singularidades. E é algo que a este nível é imprescindível se ter em mente.

A segunda:

“Um dos projetos que o pesquisador pretende desenvolver no âmbito do CeTICS é o estudo comparativo do dispêndio de energia pelo organismo humano imunizado com vacinas administradas por via oral e com outras formas de aplicação. ‘O organismo não dispensa tanta energia ao receber uma vacina pela via oral. Além disso, a boca é a via natural da instalação de uma infecção. É, portanto, o canal propício para ações de vacinação’, destacou. ”

Um belíssimo uso de fisiopatologia, que me agradou muito, inclusive a mim agradou mais o uso do raciocínio ( o de não-agressão ao organismo, inclusive) do que a pesquisa em si (que também parece ser muito interessante).

Recomendo muito a todos que leiam o artigo no Portal da Fapesp.

.

Arquivado em:pesquisas, pesquisas básicas, , , ,

site de pesquisa básica em Homeopatia

.

Um site sobre pesquisa básica em Homeopatia.

www.homeopatiaveterinaria.com.br/pesquisa_em_homeopatia.htm

.

.

Arquivado em:geral

agenda

dezembro 2016
D S T Q Q S S
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
%d blogueiros gostam disto: